Rio e seus números

 

Um rio que une climas e regiões diferentes

Rio da integração nacional, o São Francisco, descoberto em 1502, tem esse título por ser o caminho de ligação do Sudeste e do Centro-Oeste com o Nordeste. Desde as suas nascentes, na Serra da Canastra, em Minas Gerais, até sua foz, na divisa de Sergipe e Alagoas, ele percorre 2.700 quilômetros.

Ao longo desse percurso, que banha cinco Estados, o Rio se divide em quatro trechos: o Alto São Francisco, que vai de suas cabeceiras até Pirapora, em Minas Gerais; o Médio, de Pirapora, onde começa o trecho navegável, até Remanso, na Bahia; o Submédio, de Remanso até Paulo Afonso, também na Bahia; e o Baixo, de Paulo Afonso até a foz.

O São Francisco recebe água de 168 afluentes, dos quais 99 são perenes, 90 estão na sua margem direita e 78 na esquerda. A produção de água de sua Bacia concentra-se nos cerrados do Brasil Central e em Minas Gerais, e a grande variação do porte dos seus afluentes é consequência das diferenças climáticas entre as regiões drenadas.

O Velho Chico - como carinhosamente o rio também é chamado - banha os Estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas. Sua Bacia hidrográfica também envolve parte do Estado de Goiás e o Distrito Federal.
Os índices pluviais da Bacia do São Francisco variam entre sua nascente e sua foz. A pluviometria média vai de 1.900 milímetros na área da Serra da Canastra a 350 milímetros no Semiárido Nordestino. Por sua vez, os índices relativos à evaporação mudam inversamente e crescem de acordo com a distância das nascentes: vão de 500 milímetros anuais, na cabeceira, a 2.200 milímetros anuais em Petrolina (PE).

Os números

Extensão: 2.700 quilômetros, desde a Serra da Canastra, no município mineiro de São Roque de Minas, onde nasce, até a sua foz, entre os Estados de Sergipe e Alagoas.

Área da Bacia: 634 mil quilômetros quadrados.

O Rio São Francisco banha cinco Estados: Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, mas sua Bacia alcança também Goiás e o Distrito Federal.

A Bacia do Rio abrange 504 de municípios, ou 9% do total de municípios do País. Destes, 48,2% estão na Bahia, 36,8% em Minas Gerais, 10,9% em Pernambuco, 2,2% em Alagoas, 1,2% em Sergipe, 0,5% em Goiás e 0,2% no Distrito Federal.

Mais de 18 milhões de pessoas (Censo de 2010) habitam a área da Bacia do São Francisco.
 

Os quatro trechos do Rio São Francisco

Alto São Francisco: das nascentes até a cidade de Pirapora (MG), com 100.076 quilômetros quadrados, ou 16% da área da Bacia, e 702 quilômetros de extensão. Sua população é de aproximadamente 6,247 milhões de habitantes.

Médio São Francisco: de Pirapora (MG) até Remanso (BA) com 402.531 quilômetros quadrados, ou 53% da área da Bacia, e 1.230 quilômetros de extensão. Sua população é de aproximadamente 3,232 milhões de habitantes.

Submédio São Francisco: de Remanso (BA) até Paulo Afonso (BA), com 110.446 quilômetros quadrados, ou 17% da área da Bacia, e 440 quilômetros de extensão. Sua população é de aproximadamente 1,944 milhões de habitantes.

Baixo São Francisco: de Paulo Afonso (BA) até a foz, entre Sergipe e Alagoas, com 25.523 quilômetros quadrados, ou 4% da área da Bacia, e 214 quilômetros de extensão. Sua população é de aproximadamente 1,373 milhões de habitantes.