Últimas Notícias

Desenvolvimento regional: oficinas incentivam produtores de mel no Brasil

Desenvolvimento regional: oficinas incentivam produtores de mel no Brasil

Ação tem o objetivo de fortalecer a cadeia produtiva. No Nordeste, debates aconteceram no Ceará
Por Assessoria de Comunicação

Publicação: 15/02/2017 | 18:19

Última modificação: 15/02/2017 | 19:37

Brasília-DF, 15/2/17 - Produtores de mel de municípios do Nordeste participaram nesta quarta-feira (15), em Fortaleza (CE), de uma nova etapa do projeto que busca impulsionar o setor produtivo e, assim, fomentar o desenvolvimento regional. Apicultores, técnicos e representantes de entidades de apoio reuniram-se para discutir práticas de produção e traçar um diagnóstico de necessidades locais para a Rota do Mel, um dos principais segmentos apoiados pelo programa Rotas da Integração Nacional. Nas próximas semanas, a atividade também será realizada em Belo Horizonte (MG), Florianópolis (SC), Belém (PA) e Brasília (DF).

Lançada em 2011, a Rota do Mel é uma estratégia do Ministério da Integração Nacional para promover o desenvolvimento da apicultura no Brasil. Mais de R$ 49 milhões foram investidos em ações que contemplam a capacitação de produtores, distribuição de insumos (colmeias, melgueiras, suporte, cera, equipamentos de proteção individual, carretilha manual, formão, fumigador, entre outros) e a construção de unidades de extração e beneficiamento de mel de abelha. Aproximadamente 9,6 mil famílias já foram beneficiadas.

Coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), o programa Rotas da Integração Nacional contribui com a inclusão e integração econômica de regiões menos desenvolvidas do país aos mercados nacionais de produção, consumo e investimento, a partir da formação de Arranjos Produtivos Locais (APLs). Além de beneficiar o setor produtivo de mel, o programa incentiva outros segmentos: cordeiro, peixe e fruticultura, dentre outros.

As Rotas também dão suporte a ações associadas à infraestrutura (energia, transportes etc.), mecanismos de financiamento (Fundos regionais e incentivos fiscais) e ao fortalecimento de capital social (associativismo e cooperativismo). Em cinco anos, o Governo Federal já investiu cerca de R$ 360 milhões.

Confira abaixo o calendário de oficinas da Rota do Mel:

Nordeste
15/2 - Fortaleza (CE)

Sudeste
21 e 22/2 - Belo Horizonte (MG)

Sul
7 e 8/3 - Florianópolis (SC)

Norte
14 e 15/3 - Belém (PA)

Centro-Oeste
21 e 22/3 - Brasília (DF)