Ministro da Integração Nacional sobrevoa áreas em situação de emergência

Ministro da Integração Nacional sobrevoa áreas em situação de emergência

Comitiva federal avaliou os danos causados por fortes chuvas em Marabá e assegurou o envio de kits de ajuda humanitária
Por Assessoria de Comunicação

Publicação: 16/04/2018 | 21:30

Última modificação: 24/04/2018 | 20:45

Brasília-DF, 16/4/2018 - O ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade, assegurou nesta segunda-feira (16) o envio de kits de ajuda humanitária para famílias afetadas por fortes chuvas em Marabá, no Pará. Acompanhado de técnicos da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), o ministro sobrevoou áreas atingidas na região e se reuniu com o prefeito da cidade, Tião Miranda, para tratar de ações de recuperação e medidas preventivas que possam minimizar os impactos de desastres naturais. No domingo (15), a comitiva federal esteve em José de Freitas e Campo Maior, municípios do Piauí também afetados por chuvas intensas.

"O Ministério da Integração Nacional tem atuado desde o início para prestar todo apoio necessário aos municípios afetados. Além da entrega de kits de assistência humanitária, a Defesa Civil Nacional está empenhada em auxiliar essas cidades na recuperação dos danos causados pelas chuvas e por inundações", afirmou o ministro. Os kits emergenciais disponibilizados pela Sedec incluem cestas básicas, produtos de limpeza e de higiene. No Pará, dez municípios estão sendo atendidos.

Ainda de acordo com o ministro Pádua Andrade, as ações de resposta são apenas a primeira etapa do apoio prestado pela Pasta. "Nossas equipes também estarão a postos para os para projetos de recuperação dos danos e de prevenção a desastres naturais", reforçou. Após o reconhecimento federal de situação de emergência, os municípios devem enviar um relatório com o diagnóstico dos danos e um Plano de Trabalho com proposta de obras e serviços, que serão analisados pela Defesa Civil Nacional.

Medidas de prevenção

Durante a visita, o ministro reafirmou o empenho da Pasta na execução do projeto de prevenção da orla de Marabá. A ação emergencial prevê obras de infraestrutura portuária e de proteção das margens dos rios Tocantins e Itacaiúnas. Cerca de R$ 42 milhões serão destinados a intervenções que deverão minimizar os danos causados pelas cheias.

Serão construídos 1.476 metros de cais de contenção para prevenir inundações e desmoronamentos nos bairros de Francisco Coelho, Folha 33 e Amapá. As três localidades são frequentemente afetadas pelas cheias dos rios. Também serão implantados muro de contenção, plataformas e rampas de cargas pesadas e leves.

Além das medidas preventivas, as melhorias irão beneficiar pescadores, pequenos comerciantes e barqueiros com novas estruturas que irão assegurar o acesso e trafegabilidade até residências, escolas, comércio local e unidades de saúde. A primeira etapa do cais de contenção foi iniciada pela Prefeitura com a construção da Orla Sebastião Miranda.

Chuvas

Sensível à urgência e necessidade dos municípios em situação de emergência por conta das chuvas, o Ministério da Integração Nacional tem direcionado os esforços ao atendimento de diversas localidades afetadas por desastres naturais no País. No último domingo (15), o ministro Pádua Andrade e equipes da Defesa Civil Nacional visitaram municípios no estado do Piauí, onde a população atingida também deverá receber kits emergenciais nos próximos dias.