Voltar

Escolas de Sertânia (PE) recebem palestras sobre Projeto São Francisco

Escolas de Sertânia (PE) recebem palestras sobre Projeto São Francisco

Mais de 200 moradores participaram das ações. Cidade foi a primeira do estado a receber as águas do 'Velho Chico'
Por Assessoria de Comunicação

Publicação: 19/05/2017 | 17:03

Última modificação: 22/05/2017 | 12:45

Brasília-DF - 19/5/2017 - Alunos e professores da Escola Técnica Estadual (ETE) e da Escola Amaro Lafayete, localizadas município de Sertânia, em Pernambuco, participaram esta semana de palestras realizadas pela equipe do programa de Comunicação Itinerante do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

No total, 223 pessoas puderam conhecer mais sobre a obra e os 38 programas socioambientais voltados ao entorno e à população das proximidades do maior empreendimento hídrico do país.

Sertânia é uma das cidades por onde passa o Eixo Leste do Projeto São Francisco. Por isso, os participantes também foram orientados sobre os riscos de se usar canais e reservatórios para recreação e pesca - o que é proibido.

Oportunidades

O professor de história da Escola Amaro Lafayate, José Cláudio Alves, diz que o evento trouxe muita informação, principalmente sobre a utilização da água de forma racional e econômica. "O Projeto São Francisco vai diminuir o número de pessoas que saem de Pernambuco para morar em outros lugares, pois traz mais oportunidades de emprego", afirma.

Benefício e informação

Iniciadas em 2011, as ações de Comunicação Itinerante estão entre os 38 programas socioambientais do Projeto São Francisco. O objetivo é mostrar os benefícios do empreendimento e informar à população que reside nas áreas de influência da obra.