Ampliação da oferta de água no Ceará ganha aporte de R$ 52,5 milhões do Governo Federal

Ampliação da oferta de água no Ceará ganha aporte de R$ 52,5 milhões do Governo Federal

Recursos vão custear obras em três reservatórios e reforçar investimentos no Cinturão das Águas
Por Assessoria de Comunicação

Publicação: 15/03/2017 | 20:18

Última modificação: 22/03/2017 | 11:19

Brasília-DF, 15/3/17 - O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, garantiu hoje (15) o investimento de mais R$ 52,5 milhões em obras de infraestrutura hídrica que ampliarão o abastecimento no estado do Ceará. Durante reunião com o governador Camilo Santana e o presidente do Senado, Eunício Oliveira, o ministro assinou um ofício que autoriza a liberação de R$ 34,5 milhões para a abertura da licitação das obras de prevenção em três reservatórios cearenses. O objetivo é aumentar a oferta de água na região metropolitana de Fortaleza. Até o fim desta semana o Ministério também vai liberar outros R$ 18 milhões para as obras do Cinturão das Águas do Ceará (CAC).

Segundo Helder Barbalho, essas ações são fundamentais para o enfrentamento ao longo período de seca que atinge o estado. "Dessa forma garantimos o enfrentamento à seca em toda a região metropolitana de Fortaleza. Também damos continuidade ao Cinturão das Águas, obra fundamental e estruturante que terá a funcionalidade no momento em que o Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco já estiver com água", ressaltou o ministro. As ações fazem parte de um conjunto de medidas do Governo Federal para apoiar os estados e municípios na minimização dos efeitos da seca que atinge a região.

As obras preventivas incluem o aproveitamento do Sistema Hídrico do Cauípe, do Aquífero Dunas Taíba (Saupé) e do Sistema Adutor do Açude Maranguapinho.  O novo volume de recursos garantido pelo ministro Helder Barbalho complementa o aporte de R$ 10,7 milhões liberados em fevereiro deste ano. Os investimentos já estão permitindo a implantação de adutoras de engate rápido que vão restabelecer a capacidade de bombeamento de estações elevatórias em três reservatórios que atendem a Região Metropolitana de Fortaleza - Castanhão, Banabuiú e Itaiçaba.

O Cinturão das Águas do Ceará, um dos mais importantes empreendimentos hídricos do estado, terá a execução do Trecho 1 reforçada com o aporte de R$ 18 milhões da Pasta. No último mês de dezembro, um montante de R$ 100 milhões já havia sido disponibilizado. A obra será interligada ao Projeto de Integração do Rio São Francisco por meio das barragens Jati e Porcos, localizadas entre Brejo Santo (CE) e Jati (CE), no Eixo Norte. Quando for concluída esta etapa, mais de um milhão de pessoas terão sido beneficiadas.

Projeto de Integração do Rio São Francisco - Além dessas ações, o ministro Helder Barbalho reafirmou o compromisso de dar funcionalidade ao Eixo Norte do Projeto São Francisco até o mês de agosto. Equipes do Ministério continuam empenhadas em concluir o processo para definição da empresa que executará as obras remanescentes deixadas pela Mendes Junior. Leia mais.

Ouça o boletim de rádio.